Startup de Arapongas vai participar de programa de aceleração em Minas Gerais

A AdFácil está entre as 40 empresas selecionadas, entre 1.453 projetos inscritos do mundo todo pelo SEED; integrantes do Programa vão receber até R$ 80 mil para tirar suas ideias do papel

A AdFácil, startup de Arapongas que cria e direciona anúncios online, foi selecionada para participar do Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (SEED), criado pelo Governo de Minas Gerais. O SEED é um programa de aceleração de ideias, cujo objetivo é transformar Minas Gerais no maior polo de empreendedorismo tecnológico da América Latina. Para se ter uma ideia, 1.453 startups do mundo se inscreveram no Programa, e apenas 40 projetos foram selecionados.

O SEED é um escritório compartilhado de 900 metros quadrados que vai reunir as equipes que integram as 40 novas empresas, vindas de seis países e sete estados brasileiros. Eles vão receber até R$ 80 mil para tirar suas ideias do papel, além de mentorias de especialistas em negócios da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e de empresários que fazem parte do São Pedro Valley.

O São Pedro Valley pode ser definido como um conjunto de 117 startups que, desde 2011, começaram a se instalar no tradicional bairro de São Pedro, e em seus arredores, no centro-sul de Belo Horizonte. A aglomeração de startups no bairro rendeu ao local o apelido de San Pedro Valley, numa referência ao americano Silicon Valley — ou Vale do Silício, em português — região da Califórnia que reúne empresas de tecnologia como Google, Facebook e Apple.

Roberto Rocha, fundador da AdFácil, relata que cada uma das startups selecionadas pelo SEED irá levar para Minas Gerais quatro participantes. Eles embarcam em maio e, nos próximos seis meses, vão participar de um processo de aceleração. “O Programa irá promover um grande networking, com startups de outros países, que estão num nível mais avançado. Além disso, teremos contato com mentores qualificados, do São Pedro Valley”, conta.

A AdFácil faz parte do Projeto de Startups do Sebrae/PR no norte do Paraná, desde sua fundação. Fabrício Pires Bianchi, consultor do Sebrae/PR, acredita que a seleção da startup araponguense num Programa como o SEED mostra que a entidade está no caminho certo. “O destaque da AdFácil mostra que nosso projeto está consolidado e que as startups da nossa região já alcançaram um nível de maturidade. Nossas empresas estão conseguindo competir e vencer em processos de seleção que são muitos concorridos”, afirma.

Fonte: www.bonde.com.br

Deixe uma resposta